sexta-feira, dezembro 21, 2007

Segurança

Eu vou.

De encontro com teu abraço, aquele mais apertado.

Que tira a noção de tempo e espaço.

Que produz saudade antes de acabar.

Você está segura, sim, não há o que temer.

Está segura nos meus braços.

3 comentários:

André Gondim disse...

hmmmmmmmmmmmmmm

Me conta as novidades miguxo, A-D-O-R-E-I o teu poema hihihi

Abração Miguxo!! ;)

Escrevinhando disse...

eita resposta bem dada!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Izabelle Diniz disse...

TÁ NAMORANDO TÁ NAMORANDO HEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEH
=PPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPPP